Vida virtual de aprendizagem já faz parte da rotina dos alunos do Colégio Ideal (Taguatinga – DF)

Com o objetivo de trazer informação das abordagens, métodos e técnicas pautadas nas tecnologias educacionais, além de evidenciar e inspirar o interesse das escolas brasileiras na quebra de paradigmas e no uso de dados na educação, o Relatório tvve ouviu a opinião do professor de Biologia do Colégio Ideal, João Martins, sobre o assunto.

O professor João Martins informa que já faz uso, informalmente, de algumas ferramentas digitais na instituição de ensino que fica localizada em Taguatinga, próxima a Brasília. “Fazemos testes on line pelo Classmarker, colocamos os vídeos no Youtube, compartilhamos arquivos pelo site do Google, temos uma conta de Twitter”, cita o professor João Martins.

A possibilidade de colocar tudo em um só local é muito boa, pois economiza tempo. Ele acrescenta que prefere especialmente a ferramenta que o QMágico disponibiliza, pois permite acompanhar se a evolução do estudante está adequada. “O maior uso foi pela simulação da nossa avaliação discursiva”, cita.

Testes abordando as competências e habilidades trabalhadas em prova também foram disponibilizados aos alunos de Taguatinga. Ele explica que muitas vezes ouviu esse comentário: “Nossa professor, se não tivesse feito o simulado não saberia que estava mal preparado para prova. Ainda deu tempo de resolver.”

Os alunos gostaram muito, prova disso é a adesão muito grande que tivemos. Acreditamos que nossa adesão foi intensa, pois priorizamos materiais para as provas, de roteiro de estudos a vídeo-aulas, ou seja, usamos a ferramenta como revisão.

João dando aula

Profº João Martins – Colégio Ideal (Taguatinga – DF)

Tendências da Vida Virtual na Educação (tvve) é o primeiro relatório que traz informações sobre a adoção e uso de recursos digitais na educação regular em instituições públicas e privadas do Brasil. Para o docente, “participar do relatório de tendências virtuais é algo que dá muita satisfação. Estamos ansiosos por saber como está a situação do uso das tecnologias digitais, especialmente porque o relatório nos permitirá saber de nossa posição relativa em relação a outras instituições de ensino”.

A educação virtual será muito presente no futuro das escolas em todos os níveis. O professor João acredita que a internet será mais explorada nos próximos anos, especialmente na Educação Básica. “Percebemos que o simples fato de disponibilizarmos ferramentas on line acaba atraindo os nativos digitais. É como se conversássemos com eles em um idioma mais próximo daquele que utilizam em seu cotidiano. Eles namoram on line, assistem filmes on line, não acham estranho aprender on line”, reitera o professor de Biologia.

Vale ressaltar um aspecto muito positivo da ferramenta: ela cria uma fronteira, com o ambiente virtual, que separa os estudos do restante da vida on line do estudante. “É preciso fazer o cadastro, criar um perfil, isso oficializa o uso da ferramenta como objeto de estudos”, conclui o professor.


Essa é mais uma história que o Relatório tvve evidencia. Professores e alunos engajados na vida virtual de aprendizagem contando seu dia a dia de atividades escolares. Conte você também a sua história de vida virtual de aprendizagem.

Equipe QMágico e Relatório tvve