Como utilizar o Big Data na educação para reduzir custos?

como-utilizar-o-big-data-na-educacao-para-reduzir-custos.jpeg

Ainda pouco utilizado e desempenhando a função importante de um grande banco de dados, o conceito do Big Data na educação é bem simples: armazenar um volume extenso de informações relevantes sobre o aluno e visar a melhor atuação do professor em sala de aula.

Plataformas digitais como o Google, Facebook, Netflix e Amazon já fazem uso do Big Data. É por meio desse mecanismo que as propagandas que você encontra nesses sites muitas vezes têm uma relação direta com a sua vida, como a ofertas de produtos logo após uma pesquisa rápida na internet. O Big Data coleta dados de uso no universo on-line e te sugere apenas informações consideradas relevantes ao seu perfil.

Funcionando em algumas universidades, como a de Connecticut nos Estados Unidos, o sistema possibilita a análise de rastros de dados e estatísticas de estudantes na web, proporcionando um ensino adaptado a sua personalidade. Confira!

Big Data na educação: o ensino personalizado

Conhecido como ensino adaptativo, o Big Data no meio educacional fornecerá às instituições todas as ferramentas necessárias para elas aprimorarem individualmente os resultados de aprendizagem nos alunos.

A plataforma transmite informações completas sobre os alunos de maneira mais eficiente e ensina ao professor, com base nos comportamentos e interesses dos estudantes, qual é o melhor caminho a ser seguido com eles.

Alguns dos métodos de ensino aperfeiçoados, por exemplo, consistem na personalização do aprendizado às necessidades de cada aluno. A partir de avaliações diagnósticas, que identificam quais são as matérias que ele tem mais facilidade e em quais precisa de ajuda, o professor consegue traçar uma linha inteligente e evitar uma recuperação no futuro.

Por essa razão, a mudança que o Big Data representa na gestão educacional é revolucionária!

Otimização dos recursos educacionais

Com o uso dessa tecnologia em escolas e universidades, os fracassos dos estudantes também serão tolerados, já que ela permite inserir novas dinâmicas de aprendizado para que eles próprios superem seus obstáculos. Essa medida, além de otimizar as experiências, é um fator importante que garante a redução do número de evasões escolares.

Tornando a gestão educacional mais objetiva, o sistema de Big Data é uma ferramenta que analisa quais matérias, conteúdos e atividades aumentam os níveis de satisfação dos alunos, e qual formato (vídeo, texto, imagem, áudio) é mais eficaz para garantir o seu aprendizado.

De acordo com a forma com que o aluno estuda e realiza exercícios em uma plataforma on-line, o sistema interpreta seu comportamento e mostra quem está mais propenso a desistir dos estudos a partir das notas obtidas, o tempo que passa na rede e as dificuldades em determinados temas.

Portanto, é importante destacar que a entrada do sistema educacional no mundo da informação virtual traz diversos benefícios para as instituições de ensino, como a otimização do tempo dos professores, que podem planejar com rapidez suas atividades, e o gerenciamento de problemas acadêmicos, tais como o plágio.

Menos papel: maior sustentabilidade

Por meio do Big Data o estudante interage com uma plataforma de estudos on-line, assistindo a videoaulas, realizando suas atividades e consultando acervos de conteúdo. Aqui, a necessidade de papéis, livros, lápis ou canetas já não existe mais. Todas as anotações são realizadas na plataforma.

A maior vantagem dessa tecnologia certamente é sua estratégia de conservação ambiental. Há a promoção de um ambiente de aprendizado colaborativo entre alunos e professores, com a disseminação de práticas e conteúdos de qualidade produzidos em grande escala e baixo custo, que promovem a sustentabilidade.

Sendo assim, a existências de plataformas de estudos a distância, a geração de extensos volumes de informação referentes aos alunos e ao sistemas de ensino, são alguns dos aspectos mais perceptíveis do sistema na gestão educacional.

A plataforma QMágico é um ótimo exemplo do conceito de Big Data na educação. Ela é uma ferramenta que ajuda a conectar quem ensina a quem aprende, quantificando a aprendizagem e oferecendo soluções para melhorá-la.