Prêmio Educador Nota 10: Somos todos responsáveis pela educação

O dia 20 de Outubro foi inspirador para nós do QMágico! Fomos a São Paulo prestigiar um importante evento de educação, o Prêmio Educador Nota 10. Entre tirar o terno do armário, subir no salto, fazer as unhas e maquiagem estávamos todos empolgados para conhecer quais eram os projetos inovadores que haviam transformado o Brasil no ano de 2014.

O evento é glamoroso, o Oscar da educação, como afirmou várias vezes Sandra Anemberg, a apresentadora do prêmio. Com direito a boa comida, um cenário inspirador, ótima música e excelentes práticas educacionais percebemos o quanto é possível mudarmos o Brasil por meio da educação. Parabéns a todos os educadores nota 10 do Brasil!

Foram apresentados dez projetos inovadores durante a noite. Dentre as boas práticas algumas se destacaram em quase todos os projetos, são elas:

  • Estudar a fundo o tema;
  • Realizar um bom planejamento;
  • Ter um olhar atento e crítico ao entorno;
  • Captar a atenção dos estudantes e fazer intervenções;
  • Proporcionar autonomia aos estudantes;
  • Realizar uma boa avaliação;

Notamos que apesar desses projetos terem se destacado muito, as práticas são corriqueiras e habituais. O bom educador é aquele que ouve o aluno, que planeja, que desperta o censo crítico e faz uma boa avaliação do processo de aprendizagem, sempre compartilhando conhecimento.

Algo que nos chamou atenção é que nas dez ideias apresentados houve uma grande interação do aluno. Vale lembrar, que Lev Vygotsky no século XIX, já afirmava que para o aluno aprender bem ele precisa da troca com seus pares e com os professores. Outro ponto fundamental está nos desafios, o ser humano adora ser desafiado e resolver problemas intrigantes, vale a pena colocar os alunos para pensar e para desenvolver soluções.

O projeto vencedor é da professora Camila Camilo, de Joinville, Santa Catarina intitulado “Os investigadores do manguezal”. A professora olhou para além dos muros da escola, ampliando a visão de mundo das crianças e explorando o ecossistema local. A partir daí os alunos entenderam que precisam cuidar do meio ambiente. Também compreenderam a importância de registrar e informar a comunidade, por meio de fotos, desenhos e escrita e a importância da preservação. Toda a cidade foi envolvida no projeto e passaram a olhar com cuidado para si e para os maus hábitos.

A educação transformadora se faz de pessoas para pessoas! Evolva seus alunos, a comunidade e faça algo significativo para melhorar a educação na sua cidade e por consequência no Brasil.

Referência Bibliográfica

Revista Nova Escola – Edição Outubro de 2014.