“Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara!”

Conselho de Classe, avaliação diagnóstica e nivelamento.

A  citação do livro “Ensaio sobre a cegueira” de José Saramago,  “Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara!” do “Livro dos Conselhos” de El-Rei D. Duarte é o ponto de partida para pensar no conselho de classe, na avaliação diagnóstica e no nivelamento do início de ano.
Esta referência é uma provocação que nos desafia como educadores a observar, com “olhar autêntico”,  nossos alunos, a escola, os processos e sobre como somos e pensamos.

 

Olhar-autêntico

Como comentou Agnes Junqueira: “Olhar sendo mais que ato físico, e sim com movimento do pensar.”

 

O olhar autêntico.

Olhar autêntico é aquele que nasce com o ser humano. Aquele desprovido de respostas e embebido em curiosidade.

O olhar autêntico, é aquele que anseia por estar errado.
Quer ver o que ainda não reparou.
Que deseja olhar com a esperança de ver.

Sem isso o olhar é raso, sem anseio de mudança, velho.

Com a chegada do fim do ano escolar, ao entrar nos conselhos de classe, temos que exercitar esse olhar sobre nossos alunos e sobre nós mesmos.

Como educadores, precisamos ter anseios sinceros por estar errados sobre o joão da 7ª A ou a Marina do 1º médio.

É preciso procurar evidências nos processos de aprendizagem dos alunos e criticar nossos métodos de ensino, nossas escolas e a forma que iremos ensinar nos próximos anos.

Os conselhos não são tribunais, mas uma oportunidade de parar e refletir a respeito das práticas cotidianas na escola, mapeando e aprendendo com olhar autêntico sobre os processos.

Os conselhos devem se inspirar nas juntas médicas, analisando alternativas possíveis de “tratamento” aos desvios de aprendizagem e gerando novos conhecimentos para a escola.

É vital registrar e propor ações de melhoria para a escola como um todo.

 

Diagnósticos para nivelamento em 2016.

Diagnósticos para nivelamento em 2016Recentemente conversei com os professores, Aldenes do Colégio Amadeus (www.colegioamadeus.com.br) de Aracaju, e Roberto do site www.matematicatv.com. Entendi como eles utilizam os diagnósticos de progresso das atividades que postam na web. Percebi que a prática que eles realizam, reflete positivamente no momento do conselho de classe e na organização da programação das atividades de revisão e nivelamento.

Os dois professores já desenvolveram para 2016, cadernos digitais de diagnóstico e nivelamento para turmas de 6º ao 2º ano do ensino médio.

Os professores são os inspiradores do “Olhar Autêntico”, eles quebram o “status quo” e desafiam o modo como professores e alunos trabalham para gerar mais aprendizagem.

As escolas e os conselhos podem ser o “locus” privilegiado para isso.

 

Caso deseje mais informações a respeito dos cadernos digitais de diagnóstico e nivelamento, clique aqui que enviarei material sobre o assunto.

 

Alvaro-foto

Alvaro Cruz  é diretor de inovação do QMágico e ajudou a desenvolver os Cadernos Digitais Inteligentes que ajudam milhares de professores de todo país a organizar, selecionar e criar materiais para uso e diagnósticos com seus alunos. Foi CEO e Diretor de empresas e Institutos como a LEGO zi, Pitágoras e Mindlab. É também autor de livros e publicações em revistas de educação.

As Innovation director at QMágico, Alvaro leads the development of Smart Web Notepads,  helping thousands of teachers across the country to organize, select and create materials and educational diagnostics for students. He is a former CEO and Director of companies such as LEGO zi , Pitagoras and Mindlab. He is also an author of books and publications in educational magazines and blogs.