Geração X, Y e Z na escola: como elas influenciam a educação

geracao-x-y-e-z-na-escola-como-elas-influenciam-a-educacao.jpeg

O ambiente escolar vem se reinventando a cada década e, consequentemente, sendo transformado pelos jovens que ingressam os estudos — eles trazem seus valores, tabus, opiniões, conhecimentos, dentre outros fatores que correspondem à cultura educacional.

A influência que a juventude exerce na sociedade é impressionante, porque é capaz de revolucionar conceitos e mostrar para os mais experientes o quanto seus padrões estão ultrapassados e precisam ser vistos de formas diferentes.

A geração Y na escola é uma ótima prova disso, afinal, eles são conhecidos como os “nativos digitais”, aqueles que nasceram no “boom” da tecnologia no Brasil. Só que para entender como eles atuam positivamente nas aulas, será preciso compreender as outras gerações também.

Confira um pouco sobre as gerações X, Y e Z e entenda suas características principais e como a escola poderá se beneficiar disso!

Como é a Geração X?

São as pessoas que nasceram do início da década de 1960 até o ano de 1982. São os jovens que viveram o período da ditadura militar brasileira e foram responsáveis pelos movimentos sociais, a liberdade de expressão e a ruptura com alguns paradigmas criados pelas sociedades passadas.

São pessoas que brigaram pela igualdade de gêneros, a busca incessante por fazer valer os próprios direitos e também relevância no padrão organizacional que temos hoje em dia, pois as empresas tiveram que se adaptar às exigências dos novos consumidores.

Como é a Geração Y?

São aqueles que vieram ao mundo do começo da década de 1980 até o princípio da década de 1990. Como já dito no texto, é uma geração amiga da tecnologia e domina, praticamente, todo e qualquer tipo de inovação.

Gostam de informações rápidas e fáceis, já não escrevem tanto quanto seus pais e avós, pois quase sempre estão digitando, e são marcados pelas novas formas de comunicação e relacionamentos.

É uma geração que cresceu tendo oportunidades que muitos integrantes da família não puderam ter. Assim, passam a ser vistos na sociedade como aqueles que conseguem tudo, são multitarefas e compartilham suas rotinas indistintamente.

Como é a Geração Z?

Eles surgem a partir de 1992 até o ano de 2010 e estão ainda mais conectados do que a geração passada.

Nascidos nessa época, também têm um desapego das fronteiras geográficas e a independência financeira e familiar é mais recorrente. A reclusão social é mais intensa, pois optam pelo convívio virtual com as pessoas.

Em contrapartida, esses jovens têm consciência ambiental e social diante dos vários problemas que assolam nosso planeta e estão cientes da responsabilidade que possuem quanto à preservação da fauna e flora.

Tendem a apresentar sintomas de ansiedade e necessitam colocar para fora, mesmo que seja virtualmente, suas opiniões sobre os mais diversos assuntos que permeiam as redes sociais e a mídia por completo.

Como essas gerações influíram e influem na escola?

As formas de aprendizado foram se aperfeiçoando devido às mudanças que a sociedade enfrentava em um contexto político-social e isso interferiu no jeito de dar aulas e as maneiras como as matérias são passadas para os alunos.

É inegável que a expansão da tecnologia e os diversos meios de comunicação que fazem com que as informações transpassem em uma velocidade assombrosa são pontos fundamentais, colaborando para que o ensino alcance um engajamento maior.

futuro, provavelmente, reserva com que as próximas gerações possam destituir gradativamente alguns padrões enraizados nas escolas, tornando-se um ambiente menos mecanicista e mais voltado para a gestão de pessoas e novos profissionais.

ensino híbrido, por exemplo, é uma prova de como a escola está se atualizando quanto às tendências de um ensino mais assertivo e amplificado.

Para construir um lugar melhor para aprender e fazer com que a Educação seja referência um dia no nosso país, é importante valorizar o que os jovens pensam e como eles pretendem revolucionar as próximas eras, abusando da inovação e de sua criatividade para estimular o pensamento diferente.

Gostou do texto? Você viu que a geração Y na escola atua, praticamente, como uma intersecção das demais gerações? Comente no post o que acha sobre o assunto e nos diga quais benefícios a sua geração trouxe para o país!