Projeto escolar: professores contribuindo para o desempenho das escolas

Projeto_escolar_professores_contribuindo_para_o_desempenho_das_escolas.jpg.jpeg

Desde os primórdios da educação, o professor vem sendo um elemento chave na transmissão do conhecimento. Porém, algumas vezes, devido a cargas pesadas de trabalho, fica difícil ajudar na melhoria dos métodos utilizados na sua escola. Mas não é preciso desespero: nós estamos aqui pra pensarmos em maneiras alternativas e de fácil inserção no dia a dia que contribuirão para melhorar o desempenho da sua didática. Confira abaixo cinco dicas para que o seu projeto escolar seja inovador!

 

Aproveitamento das novas mídias

Tradicionalmente, o professor era o detentor absoluto do conhecimento, enquanto os alunos eram seus discípulos. Esse modelo de educação ainda é bastante utilizado, entretanto, com o advento das tecnologias e da internet, as possibilidades de ensino aumentaram muito. Hoje em dia, o conhecimento está em processo para ser universalizado e mais democratizado — as informações estão a apenas um clique de distância.

Portanto, uma boa ideia é utilizar essa facilidade ao seu favor. Traga textos de blogs e sites; vídeos relacionados ao tema de discussão; sugira portais de notícias e revistas online que possam servir de referência para os estudos e use jogos interativos para chamar a atenção dos alunos. Além de aplicar essas dicas na sala de aula, também é possível pedir aos alunos que as incorporem no dia a dia virtual: curtir páginas com conteúdo de boa qualidade nas redes sociais é um bom começo.

Sala de aula invertida

Agora que você já ensinou aos jovens, com o aproveitamento das novas mídias, que eles mesmos podem ter papéis ativos no caminho pelo conhecimento, é interessante aplicar um novo método de ensino: a sala de aula invertida. Nele, você adianta o conteúdo para os alunos, por meio de textos ou outras plataformas, para que eles estudem em casa e depois voltem com dúvidas.

Dessa forma, a sala de aula se tornará um espaço de debate, atividade que contribuirá para a formação crítica e cidadã dos estudantes.

 

Baixe gratuitamente o infográfico “Sala de Aula Invertida – O que é e como aplicar”

 

Engajamento dos alunos

Se, por um lado, o aumento de tecnologias e mídias sociais é algo positivo, ele também pode prejudicar a participação dos jovens por aumentar as distrações. Porém, existem inúmeras formas de engajar a turma no conteúdo proposto. Possibilitar mais diálogos e espaços de comunicação, criando grupos nas redes sociais para debater temas, por exemplo, é uma boa maneira de incorporar as inovações tecnológicas ao seu ensino. Além disso, você pode adaptar métodos de avaliação, aplicando trabalhos em grupo em vez de somente provas; e incentivar a interdisciplinaridade, propondo constantes interlocuções com as outras matérias da escola. Existem inúmeras formas de atrair a atenção dos alunos!

 

Promoção de debates

Uma ótima maneira de mostrar aos seus alunos que eles conseguem criar argumentos é a promoção de debates. Ao escolher um tema da atualidade, que também lhes servirá para o vestibular, você como professor os incentiva a pesquisar e entender o momento político, histórico e social que eles estão vivendo.

Promover discussões em sala de aula com alguma constância poderá ajudá-los na hora de argumentar em uma redação e saber lidar com situações reais na vida civil e adulta.

 

Mudanças nos planos pedagógicos

Algumas instituições abrem espaço para que os professores levem ideias para o seu plano pedagógico. Se esse for o seu caso, aproveite esse momento para sugerir inovações nos métodos avaliativos.

Um bom exemplo é propor um projeto escolar de trabalhos que sejam feitos em etapas, pois esse tipo de tarefa aumenta a capacidade de interação em grupos, além de ser um momento para que os alunos exponham e organizem suas habilidades entre si.

Veja mais em nosso artigo: “4 dicas para inovar na sala de aula“.

Gostou do post? Tem mais alguma ideia de como o professor pode otimizar o projeto escolar da sua instituição de trabalho? Conte pra nós nos comentários!