A descoberta do melhor jeito de aprender para cada personalidade

A descoberta do melhor jeito de aprender para cada personalidade

Como cada estudante pode descobrir o seu jeito de aprender e como os professores podem aplicar um ensino personalizado

 

Aprender a Aprender

Hoje posso dizer que consegui ter um grande sucesso nos estudos. Grande parte do meu sucesso veio do fato de que eu consegui me adaptar bem ao modelo pedagógico pelo qual fui ensinado. Tive sorte duplamente quanto a isso, pois o meu jeito de aprender não era o que era esperado pelos professores e mesmo assim consegui “aprender a aprender” ao mesmo tempo que me adaptava a cada aula.
A realidade do ensino no mundo inteiro revela que a simples falta deste conhecimento é a causa de muitas desistências e frustrações. Aprender a aprender não é ensinado nas escolas por simples motivos. Historicamente, o ensino evoluiu da mesma forma que a revolução industrial: como linhas de montagem onde todos os alunos recebem as mesmas instruções da mesma forma. Esta habilidade poderia ser ensinada se ela não tivesse um simples problema que contrasta com tudo isso: cada pessoa aprende melhor de jeitos diferentes.

Cada um do seu jeito

Como ensinar algo que é diferente pra cada aluno? E você, sabe como é o seu jeito de aprender? Muita gente acha que sabe, mas passou a vida inteira aprendendo apenas do jeito como foi forçado a fazer.
Vou relatar o meu caso como exemplo. Na escola, muitos professores encerravam aulas pedindo perguntas sobre o que não foi entendido. Nem sempre eu entendia tudo, mas nesse momento eu não conseguia elaborar uma pergunta sequer. Eu congelava e me achava estranho por isso. O simples pensamento em fazer alguma pergunta me deixava aflito e com o tempo eu nem sequer me esforçava em querer perguntar. Alguns alunos faziam perguntas e eu aprendia com as perguntas dos outros. Por muito tempo eu segui bem desta forma. Depois de muito tempo eu entendi que isto é natural e eu poderia tirar as minhas dúvidas facilmente conversando diretamente com o professor, o que me deixava naturalmente mais confortável.
Outro exemplo: professores exigiam que todos os alunos escrevessem um diário com as atividades realizadas. Eu nunca odiei tanto fazer uma atividade da escola. Tenho certeza de que isso funcionava com outros alunos, mas isso me dava um trabalho excessivo em troca de um ganho mínimo. Nunca tive problemas para fazer qualquer outro dever de casa, mas esse foi para mim o pior. Hoje sei explicar o motivo: a minha mente é altamente criativa. Não sou uma pessoa que se dá bem com rotinas, pois projeto as minhas motivações nos meus sonhos. Eu preciso associar o que foi ensinado com o que eu sonho para lembrar e aprender melhor. Outras pessoas precisam fazer associações a fatos e objetos. Essas pessoas sim se beneficiam mais com essa técnica.

 

Primeiros passos da personalização

Pensando neste contexto, desenvolvi um teste que usa psicometria e pedagogia para descobrir o melhor jeito de aprender para cada pessoa. O teste é simples e rápido, de forma que até crianças conseguem respondê-lo sem dificuldade. Nos resultados do teste, são apresentadas dicas sobre como o aluno pode aprender melhor e também dicas sobre como o professor pode ensinar melhor para esses alunos. Quero, com esse teste, dar os primeiros passos para facilitar a criação de um ambiente de ensino personalizado, que é explicado de forma clara neste artigo do Porvir. Resumidamente, o ensino personalizado acontece quando o professor facilita que alunos entendam e decidam o quê, como e com quem aprender. Simultaneamente, até mesmo o ensino diferenciado também pode ser usado, onde o professor fornece atividades diferentes para grupos diferentes de alunos, baseado nas preferências de cada grupo. Basta ao professor divulgar o teste e registrar os resultados dos seus alunos.
Logo, se você é professor, você já pode aplicar o ensino personalizado em sua aula usando este teste. Assim você vai conhecer melhor os seus alunos e eles vão obter um conhecimento que não vai ajudar apenas na sua aula, mas em toda a vida.
Acesse o teste por este link: http://www.qmagico.com.br/descubra-como-aprender-melhor

 

Ed-foto

Sobre o autor: Luiz Edmundo Mizutani é engenheiro de computação formado no ITA e possui mestrado em Educação com Informática pela Universidade de Tohoku, no Japão. Atualmente trabalha como diretor de inovação no QMágico. Seu sonho é revolucionar a educação no mundo com um sistema barato e acessível a todos.

CaDi